Sistema de fábrica para crianças

Sistema de fábrica

História >> Revolução Industrial

O sistema de fábrica foi uma nova forma de fazer produtos que começou durante a Revolução Industrial. O sistema fabril usava maquinário motorizado, divisão de trabalho, trabalhadores não qualificados e um local de trabalho centralizado para a produção em massa.


Lowell Mills: uma primeira fábrica em Massachusetts
(1850) por Sidney & Neff O que havia antes do sistema de fábrica?

Antes do sistema de fábrica, os produtos eram feitos um de cada vez por trabalhadores individuais. O trabalho geralmente era realizado em uma pequena oficina ou em casa. À medida que as máquinas se tornaram maiores e mais caras, formaram-se fábricas onde os proprietários de empresas compravam as máquinas e contratavam trabalhadores para operá-las.

O que compõe o sistema de fábrica?



O sistema fabril da Revolução Industrial introduziu novas maneiras de fazer produtos. Os produtos poderiam ser feitos mais baratos, mais rápidos e em maior volume. Algumas das principais características do sistema de fábrica incluem:
  • Local de trabalho centralizado - Em vez de trabalhadores individuais espalhados em suas casas e oficinas, a fábrica era um grande lugar central onde muitos trabalhadores se reuniam para fazer produtos. As fábricas eram necessárias porque o maquinário era caro, grande, precisava de energia e era operado por muitos trabalhadores.
  • Divisão de trabalho - O sistema de fábrica introduziu a divisão do trabalho. É aqui que diferentes trabalhadores têm, cada um, uma tarefa específica na fabricação do produto. Cada trabalhador pode se especializar em uma pequena tarefa e não precisa saber fazer o produto inteiro.
  • Trabalhadores não qualificados - Por causa da divisão do trabalho, muitos dos trabalhadores podem ser trabalhadores 'não qualificados'. Eles poderiam aprender uma tarefa simples que repetissem indefinidamente.
  • Peças padronizadas - Diferentes partes de um produto foram padronizadas. Isso significa que eles foram construídos da mesma maneira e com as mesmas medidas. Esse conceito acabou levando a peças intercambiáveis, onde peças individuais poderiam ser facilmente substituídas e reparadas.
Mulheres e crianças trabalhadoras

Durante a Revolução Industrial, mulheres e crianças se tornaram uma parte importante da força de trabalho. No início, isso acontecia porque eles trabalhariam por um salário baixo em comparação com os homens. Freqüentemente, as condições de trabalho eram ruins e perigosas. Eventualmente, leis foram aprovadas para proibir o trabalho infantil.

Mudanças na sociedade

O sistema fabril teve um grande impacto na sociedade. Antes do sistema de fábrica, a maioria das pessoas vivia em fazendas no campo. Com a formação de grandes fábricas, as pessoas começaram a se deslocar para as cidades. As cidades ficaram maiores e às vezes superlotadas. Este movimento de uma sociedade rural para uma sociedade urbana criou uma mudança dramática na maneira como as pessoas viviam.

Fatos interessantes sobre o sistema da fábrica
  • Para combater as perigosas condições de trabalho e longas jornadas, os trabalhadores começaram a formar sindicatos e greves.
  • As primeiras fábricas usavam água para energia e geralmente estavam localizadas ao longo de um rio. As fábricas posteriores foram movidas a vapor e, eventualmente, eletricidade.
  • Muitas fábricas durante a Revolução Industrial tinham dormitórios no local onde os trabalhadores viviam.
  • Muitas fábricas usam uma 'linha de montagem', onde os produtos se movem de uma estação de trabalho para outra, recebendo novas peças em cada estação até que o produto final seja concluído.